17 de abril de 2007

 

O CNAVES vem à festa

Segundo o Público de hoje,
"O ministro do Ensino Superior, Mariano Gago, desvalorizou ontem os relatórios que apontam falhas a cursos da Universidade Independente (UnI) desde 2000, afirmando que "nem o Cnaves [Conselho Nacional de Avaliação do Ensino Superior] nem a inspecção-geral propuseram o fecho de nenhum curso nem da universidade", cita a Lusa."
Começa a parecer que JMG tem sempre uma pedra no sapato em relação ao CNAVES. Por precaução, fui ler toda a legislação sobre a avaliação e não encontro a mínima referência a uma competência do CNAVES para propor a extinção de um curso e muito menos o encerramento de um estabelecimento.

É sabido – o próprio CNAVES alertou para isto – que um dos vícios do nosso processo de avaliação foi o de nunca ter consequências. No entanto, esta responsabilidade cabe inteiramente aos sucessivos ministros.

Comentários:
JVC, deixa-me subscrever?
Obrigada.
 

 

A propósito do que refere no seu post, sugiro esta reacção do próprio CNAVES - http://campus-textos.blogspot.com/2007/04/cnaves-diz-que-no-tinha-competncia-para.html
 

 

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

Subscrever Mensagens [Atom]